Archive for the ‘terceiro trimestre’ Category

Preparativos para a Maternidade…

fevereiro 11, 2008

Todos os tipos das lembrancinhasLembrancinha únicaenvelope com roupinhasbem-nascido

Bom, como toda boa neurótica, já está tudo pronto para irmos para a maternidade…As roupinhas todas envelopadas de 1 a 6 (ordem de uso na maternidade) nos respectivos saquinhos plásticos, onde coloquei um macacãozinho / conjuntinho, um body com gola combinando, um culotinho, uma meia e um cueiro ou manta também combinando. Sei que não vamos usar os seis, mas é o que a maternidade pede. Também alternei os tamanhos e levei algumas das trocas maiorzinhas, mas ainda tamanho RN. Vamos ver se serve na superbebê. 

As lembrancinhas já chegaram: são sachezinhos com um cheiro delicioso, embrulhadinhos em tecidos iguais aos do quarto da Sofia. Deixo algumas fotinhos para que entendam e o quadrinho da porta da maternidade também chegou, mas este é surpresa. Só vou fotografar depois para colocar aqui no blog. É lindo, e muito diferente. 

Mandei fazer também bem-nascidos, que nada mais são que bem-casados, em verde maçã e peguei uma amostra no sábado que já fotografei e vou colocar aqui no blog também. E estão deliciosos. São da Emília Bem Casados, os mesmos que fiz para o meu casamento.  

Minha mala da maternidade também está pronta com quatro pijamas / camisolas, dois roubes, um chinelo, dois sutiãs de amamentação, três calcinhas pós-parto e uma cinta. Falta a nécessaire com produtos de higiene pessoal e maquiagem (não quero que a Sofia me conheça acabada e com olheiras), além, de uma roupa / sapato para sair da maternidade, e, a mala do papai. 

Não vejo a hora….

Reta Final!

fevereiro 11, 2008

barriga.jpg

 Bom, eu e a Sofia estamos chegando à reta final desta primeira etapa de convívio: a gestação. Estamos hoje com 37 semanas e 5 dias, muito perto do nascimento dela.  

Eu, não preciso nem dizer, estou ansiossérima…Cada dia que passa eu acho que será o dia, mas ela, pelo jeito, não tem pressa nenhuma. Tive muitas contrações na quarta-feira passada e depois, só algumas esporádicas. Estou louca pra ver o rostinho dela, pegá-la, abraçá-la, mas tento segurar a ansiedade, pois o ideal é que ela venha no tempo dela, eu sei.

  Saí de licença-maternidade na quinta-feira passada, dia sete, pois realmente trabalhar já estava ficando pesado demais. Principalmente nos dias que eu tinha que fazer 12 horas. Então, para nos preservar e para descansar nesses últimos dias. Comprei vários livros e com esse calor, vou ficar em casa lendo, vendo TV, e aproveitando para dormir um pouco, porque depois vai ser difícil. No final das tardes, se o tempo estiver mais fresco, pretendo andar um pouquinho com o meu cachorrinho, para ver se acelero o trabalho de parto, hahahaha. 

Minha mãe ontem me perguntou se eu estava com medo do parto: posso dizer sinceramente: NÃO, NÃO TENHO MEDO NENHUM. Este sentimento, o medo DO PARTO, não se instalou em nenhum momento. Eu tinha mais medo durante a gravidez que a Sofia pudesse ter algum problema ou nascer prematura, ou sei lá, ter alguma alteração por causa da minha pressão que ficou alta, mas agora, que eu sei que ela está ótima, pronta pra nascer e grandona, não tenho medo nenhum. Muito menos da “dor” do parto. Eu realmente quero que seja normal, e graças a Deus, tenho uma obstetra que também pensa assim, mas sei que, pelo tamanho dela (no último ultra-som de sábado, dia 09, o peso estimado estava em 3780g), a chance de ter que fazer uma cesárea existe e é grande. Mas não quero pensar nisso, pois se for necessária e bem indicada, não tenho nenhum problema com isso também. Quero muito ver a minha bebê bem e saudável, do jeito que tiver que ser.  

É claro que a gente sempre romantiza o trabalho de parto: como seria lindo romper a bolsa e ir correndo para a maternidade, ter algumas contrações e o bebê nascer saudável e berrando, mas eu sei que isso, poucas vezes é vida real. As primigestas tem, na maioria das vezes, trabalhos de parto muito longos; nem sempre um  bebê GIG (grande para a idade gestacional, como a Sofia) encaixa e, devido ao peso do bebê GIG / risco de hipoglicemia ao nascimento, não se pode deixar passar de 40 semanas e outras coisas, mas realmente sei que estou em boas mãos e a Sofia virá em breve, da melhor forma possível para ela. 

Despeço-me deixando a foto da barriga imensa, que eu espero que seja a última ou pelo menos, uma das últimas fotos!

A barriga crescendo…

janeiro 7, 2008

barriga2.jpgbarriga11.jpg

Quem pediu para ver fotos da barriga, posto aqui, o barrigão enorme de 32 para 33 semanas, que realmente não sei onde vai parar….

Pra quem reclamava que não tinha barriga, agora ela resolveu crescer de vez.

Bjos

Grávidas e o verão….

dezembro 28, 2007

verao3a.jpg

Sério, ninguém merece passar os últimos meses de gravidez neste verão. Em tempos de super aquecimento global, devemos pensar em programar nossas gestações para que elas terminem no inverno, no máximo até setembro. Aqui no hemisfério sul, ninguém mais nasceria em janeiro ou fevereiro, que tal? Brincadeiras a parte, é realmente muito sofrido: estou cansada, inchada, e passando ainda mais calor que os outros, devido aos tais hormônios da gravidez. E haja pé para cima. Quem me dera eu pudese ficar com os pés para cima o dia todo. Como eu trabalho a maior parte do tempo sentada ou em pé, no final do dia meus tornozelos ficam enormes e meus pezinhos parecem dois pãezinhos italianos. E quem suporta as malditas meias elásticas com 35º na sombra?